Um olhar para dentro….

Um olhar para dentro….

A cada dia que passa, percebo que faz toda a diferença a palavra autoconhecimento, ou como uma grande amiga prefere atualmente: self understanding.

Autoconhecimento não tem a ver com as soluções prontas de folhetins de autoajuda. Tem a ver com saber quem você é, o que te faz levantar todo dia da cama e realizar alguma tarefa, algum trabalho, também saber lidar com sua energia e com seu talento pessoal.

Hoje eu realizo um trabalho que me orgulha, movimenta minha alma, dá energia e acolhe meu coração. Trabalho com desenvolvimento humano. Isso me mobiliza e me faz levantar todo dia agradecido por ter percebido em algum momento da minha vida que esse era meu dom, um talento pessoal que eu poderia compartilhar com as pessoas.

A percepção do que me mobiliza veio através de muitos erros, acertos e dores, onde a teimosia e o apego eram motores que me puxavam para trás, no meu desenvolvimento pessoal. Foi movendo o olhar para dentro de mim que pude realmente me “auto conhecer”.

Um dos caminhos que percorri, trouxe uma percepção mais lúcida à minha jornada e de quem eu realmente sou. Foi exercitando constantemente o que a autora do Livro “Caminho quadruplo”, Angeles Ariens, cita como os três poderes universais do Guerreiro (“guerreiro” com um arquétipo que nos leva a perceber como podemos utilizar com clareza e integridade nossa força de realização). Ariens, cita que “O uso correto do poder permite fortalecer a nós mesmos e aos outros”.

Os três poderes universais citados por Ariens, na sua obra são:

  • O poder da Presença;
  • O poder do Posicionamento;
  • O poder da Comunicação.

O poder da Presença tem significado ao estabelecermos contato e compreensão com nossa inteligência emocional, mental, física e espiritual. Ao expressarmos o poder da presença estamos nos colocando atentos e presentes no aqui e agora, ao que sentimos, pensamos e realizamos. Não há fuga de energia ou mesmo distração, há somente o estado de atenção plena.

O poder do Posicionamento fica no campo do alinhamento e do pensamento com as ações. O poder do posicionamento nos garante a possibilidade de estarmos íntegros e convergentes com o que queremos e com aquilo que é realizado. Tem a ver com expressar o talento da alma, saber por que levanta todo dia e o que mobiliza a alma.

E finalmente o poder da Comunicação que nos garante a possibilidade de transmitir a verdade do coração, a verdade que atinge o coração do outro, sem subterfúgios, sem meias palavras e que determina a possibilidade da comunicação sem ruídos.

Vivemos em um momento que a prática destes três poderes é essencial. Por muitas vezes a crise nos leva a lugares “internos” desconhecidos e sombrios, só o autoconhecimento pode nos dar pistas do melhor caminho e ações corretas a seguir. A solução está dentro e não fora.

No campo do autoconhecimento, no entanto, não existe um ponto de chegada. O aprimoramento pessoal é um exercício constante, exercitar os três poderes universais do guerreiro exige disciplina e pesquisa intrapessoal constante, pois a cada ciclo de vida, a energia que emanamos se mobiliza de forma diferente, precisamos estar atentos e focados no aprendizado constante.

Texto escrito pelo Interventor, terapeuta e educador físico

Tulio Ramos Caminha

Deixe uma resposta